Top 5 tendências dos chatbots em 2022

Autor Inbot

Escrito por InBot
Redator(a) InBot

Todas as empresas inteligentes já estão ligadas no que será sucesso em 2022. Não fique de fora! Confira agora 5 tendências dos chatbots que prometem inovar o mundo digital dos negócios no próximo ano.

Retrospectiva Chatbots 2021

O ano já está quase acabando e é possível enxergar as transformações digitais em torno das atuações de chatbots no meio empresarial. A continuação da popularização dos bots em 2021 também é perceptível.

 

Inicialmente, essa rápida popularização em 2019 foi atribuída à pandemia de Covid-19 e à necessidade de digitalização de processos das empresas.

 

Em 2021, a pesquisa Panorama Mobile Time – Mapa do Ecossistema Brasileiro de Bots – confirmou essa informação ao revelar que a demanda por bots nas empresas aumentou 83% devido à chegada do coronavírus.

 

A quantidade de robôs de conversação em atividade no Brasil praticamente dobrou entre 2020 e 2021, passando de 24 mil para 47 mil, segundo a mesma pesquisa.

 

E agora, com os bons resultados diante das novas experiências dos clientes, esses robozinhos virtuais têm recebido mais atenção e investimentos, alcançando novos canais e realizando funções mais complexas.

 

Ainda bastante presentes nos canais do Facebook Messenger e em sites próprios, os robôs inteligentes também chegaram ao WhatsApp, ao Telegram e ao Instagram.

 

O setor do varejo apresentou maior demanda por projetos e os setores financeiro e de telecomunicações aparecendo consecutivamente em segundo e terceiro lugar quanto a essa demanda.

 

Em suas atuais melhores versões, chatbots construídos sobre Inteligência Artificial e Processamento de Linguagem Natural, são capazes de interagir em diversos canais digitais, sem a frieza das URAs, compartilhando base de conhecimento e estimulando um diálogo espontâneo e conquistam cada vez mais os consumidores online, apresentando resultados positivos em diferentes setores e segmentos empresariais.

 

Para o sucesso dos assistentes virtuais continuar em evolução, com total segurança, a principal particularidade de 2021 direcionada a todas as empresas que trabalham com o mercado brasileiro de robôs de conversação foi a obrigatoriedade de adequação à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

 

A Lei entrou em vigor em 2020, mas se tornou obrigatória com risco de multa este ano, buscando proporcionar segurança no que se refere à coleta, armazenamento, tratamento e compartilhamento de dados pessoais pela internet.

 

E encerrando esse resumo do ano de 2021 para os bots inteligentes, entre as diversas funcionalidades que esses robôs já realizam, é possível afirmar que o atendimento ao cliente segue como principal finalidade almejada por clientes para o desenvolvimento de robôs no país. Depois, as maiores procuras são consecutivamente para funções de back office, vendas e cobrança. 

 

Diante dessa realidade, o que esperar sobre as tendências dos chatbots para o próximo ano? Continue lendo e descubra!

 

5 tendências dos Chatbots em 2022 – O que esperar?

Saber o que o mundo dos negócios digitais espera para o futuro é estar antenado em tudo que pode alavancar seus negócios e deixar sua empresa à frente da concorrência.

 

Por isso, confira as próximas tendências dos chatbots:

 

1. Mais do mesmo: O foco é evoluir

Já ouviu a expressão “time que tá ganhando não se mexe?”. Quando inserido no contexto dos chatbots significa que as empresas brasileiras continuaram investindo em seus novos colaboradores virtuais inteligentes. Mas agora, em mais canais digitais e para realizar novas funções.

 

O Atendimento multicanal, a Integração com CRM, a automatização de processos, o suporte especializado e a disponibilidade contínua são elementos bases dos novos chatbots inteligentes.

 

Ou seja, além de facilitarem a vida dos clientes através dos processos automatizados, os chatbots continuarão contribuindo para que empresas se expandam sem ter que depender de um número maior de funcionários contratados e de longas jornadas de trabalho.

 

2. O atendimento ao cliente ainda será o queridinho

As empresas que demandam alta interação com os clientes encontrarão vantagens de usar assistentes virtuais com um alcance nunca visto.

 

De acordo com um estudo da consultoria Gartner, 47% das organizações planejam para 2022 utilizar chatbots no atendimento ao cliente, com o objetivo de tornar instantâneo o primeiro contato do usuário com a marca.

 

Mas não para por aí! Os demais setores que já atuam com assistentes virtuais tendem a também aumentar suas participações. O Marketing Digital, SAC, Comunicação Interna,as Salas de aula, os escritórios, hospitais e até em lugares onde nunca estiveram. 

 

Segundo estudos do Gartner, cerca de 70% de todas as interações com clientes online realizadas em 2022 estarão ligadas a soluções como os chatbots inteligentes.

 

A presença de um assistente virtual inteligente ligado à sua marca oferece uma comunicação 24 horas, todos os dias, com clareza, eficiência e com o perfil da sua empresa, garantindo um aumento na satisfação da experiência do cliente por meio de múltiplos canais.

 

3. Aumento de vendas com alto nível de confiança

Os chatbots já atuam em algumas plataformas com a opção de realização de pagamento. Mas esta função deve ser ampliada para diversos canais.

 

O processo é baseado de maneira simples, na qual o cliente envia uma mensagem de texto para o diálogo com o chatbot comunicando o que quer comprar.

 

E este se tornará uma espécie de guia entre cada fase de compra até o cliente chegar na etapa de pagamento final.

 

Isto é possível através de uma relação entre chatbot e APi. Ao receber uma solicitação do cliente, o bot emite uma comunicação direta com API e fornece um link de pagamento para concluir a transação.

 

Haverá também chatbots conectados a sistemas já existentes de pagamento como carteiras digitais. 

 

Lembrando que todas as empresas precisam seguir as normas da LGPD.

 

4. Robôs de conversação humanizados existem?

Os robôs de conversação humanizados não só existem como já estão entre nós no dia a dia.

 

Chatbots de IA de conversação muitas vezes já conversam de modo tão claro, internacionalizado e personalizado de acordo com as expectativas de uma empresa, que muitas vezes passam despercebidos pelos clientes que acabam não sabendo que não é um humano do outro lado.

 

Além de carismáticos e atenciosos, os chatbots inteligentes em 2022 atuarão cada vez mais atualizados sobre os acontecimentos recentes de vários tipos e inclusivos quanto à diversidade social.

 

Bot com compreensão sobre inteligência emocional para adicionar habilidades pessoais e mostrar mais “empatia” também deve ser tendência em 2022.

 

5. Funcionalidades de Intuição e percepção profunda 

Os chatbots ainda não podem prever com precisão os comportamentos dos clientes e experiências do usuário. Mas com uma integração mais profunda nos diálogos entre usuários e chatbots, será possível construir bases de análises e insights objetivando melhores performances e maiores retenções.

 

Os bots já conseguem monitorar cada pergunta feita, as respostas fornecidas e as solicitações encaminhadas. Ao arquivá-las, também já cria uma base de registros de cada usuário que acessou seu portal de comunicação.

Compartilhe

Newsletter

Receba informações sobre o mundo dos chatbots, inteligência artificial e tecnologia em seu e-mail:

Imagem representando chatbot com um cartão de crédito na mão

Chatbots para auxílio de pagamentos: Conheça os recursos da Inbot

Hoje em dia, muitas empresas estão usando chatbots para auxílio…
Imagem de um chatbot na tela do smartphone

Chatbot & CRM: Benefícios e Aprenda a fazer a integração com a Inbot

A integração entre chatbot e CRM( Customer Relationship Management)…