Fluxograma de chatbots: guia sobre como trabalhar o flow do seu assistente

Autor Inbot

Escrito por InBot
Redator(a) InBot

A tecnologia dos chatbots não funciona sozinha. É necessário que ela seja trabalhada para gerar mais engajamento e satisfação. Partindo desse princípio, um fluxograma de chatbots aplicado corretamente gera conexão entre as interações dos clientes com a plataforma, organizando as conversas e fazendo com que o bot consiga manter diálogos coerentes, semelhante aos seres humanos e resolver demandas. 

 

Investir em tecnologias de aprendizagem de máquina como a IA (Inteligência Artificial) e fluxograma, significa fazer com que sua marca seja mais competitiva em um mercado acirrado. Dessa maneira, você tem a capacidade de compreender melhor o seu cliente, tornando a jornada de compra mais fácil. 

 

Através deste conteúdo, você vai entender mais sobre fluxograma de chatbots, sua importância na captação de leads e como aplicá-lo de forma correta. Fique conosco e continue a leitura do artigo. 

Como planejar um chatbot?

Antes de entrarmos no fluxograma para chatbots, vamos explicar em resumo como criar um bot que seja capaz de desenvolver o trabalho de maneira eficiente.

 

Por trás de toda a tecnologia dos chatbots, sempre haverá inúmeros profissionais altamente capacitados que estão sempre se aperfeiçoando. 

 

Ou seja, para elaborar um chatbot, a capacidade e expertise dos analistas é imprescindível, desde o início do projeto até a análise das atividades. E todo o processo de desenvolvimento envolve muito planejamento e estratégia. 

 

Sendo assim, o desenvolvimento bem sucedido de um chatbot depende de alguns pontos cruciais. São esses: 

 

  • Entender perfeitamente em qual setor o bot irá atuar;
  • Qual será sua importância para os indicadores de crescimento da empresa;
  • Estabelecer uma persona para acertar o tom de voz do chatbot;
  • Explorar a inteligência artificial;
  • Escolher as plataformas de mensagens que o bot irá atuar;
  • Manutenção constante para melhor eficiência. 

 

Por isso que nós da Inbot somos referência no mercado. Além de cumprirmos todos os requisitos citados, desenvolvemos chatbots com a mais alta tecnologia, equipados com IA e personalizados para atender seus clientes. 

 

Não é à toa que nossos bots apresentam números robustos como NPS de 92%, redução de mais de 60% no TMA, 35% de conversão, 70% de retenção de clientes e ROI de R$100 milhões . 

O que é fluxograma para chatbots?

Chatbot cor laranja pensando e um ponto de interrogação em cima da cabeça

O conceito de fluxograma é a representação gráfica de algum processo em que todas as etapas são ilustradas de maneira que estabeleçam associação.

 

Partindo desse princípio, o fluxo para chatbots é um tipo de representação visual das soluções criadas a partir das perguntas feitas pelos clientes. São as respostas encontradas pelos chatbots para sanar os questionamentos de forma eficaz. 

 

Portanto, além de muito planejamento, um fluxograma correto precisa ser atualizado constantemente. Isso porque o intuito é que o bot sempre tenha uma boa resposta para as dúvidas dos clientes, fazendo com que tenham uma melhor experiência de compra. Isso proporciona mais engajamento e prospecção de novos clientes. 

Como criar um fluxograma eficiente?

Agora que você sabe a relevância do fluxograma para o chatbot prestar um atendimento mais qualificado, agora vamos abordar os pontos necessários na criação desse fluxo Para isso é preciso:

 

  • Escolher qual software será usado no bot;
  • Criar o máximo de personas possíveis;
  • Elaborar uma lista com as principais questões para o fluxograma;
  • Tornar o fluxograma expandido para conseguir sanar o máximo de dúvidas;
  • Elaborar em média três soluções para cada uma das questões;
  • Fazer a separação dos ramos e probabilidade de decisão. 

 

Os ramos representam as respostas para cada pergunta feita pelos clientes ao chatbot. Sendo assim, quanto mais soluções forem inseridas no fluxograma, crescem as chances de seu assistente virtual conseguir tirar as dúvidas. 

Faça treinamentos com o seu chatbot

Após desenvolver um fluxograma, seguindo os passos citados no tópico anterior, contendo o máximo de respostas possíveis, é o momento de realizar alguns treinamentos com o chatbot. Essa capacitação é complexa e demanda paciência, bastante conhecimento, além de  vários testes para ter certeza de que o bot irá desempenhar um bom papel. 

 

Essas são algumas dicas para desempenhar um treinamento de qualidade. 

 

Realize sessões de navegação: Faça esse tipo de teste com o objetivo de avaliar o entendimento e a qualidade do chatbot. Nesse treinamento é importante solicitar feedbacks dos clientes. 

 

Utilize a FAQ: A FAQ de uma empresa sempre é uma rica base de conhecimento sobre as dúvidas mais frequentes. Portanto, utilizá-la no treinamento é um bom caminho. Quanto melhor mapear os temas mais perguntados pelos seus clientes, mais acurácia terá seu chatbot.

Qual o melhor chatbot para um fluxograma?

Para a criação de um fluxograma, a melhor opção dentre os tipos de chatbot é o que contém IA por ter mais recursos. Essa tecnologia é fundamental nesse processo, pois será responsável por, dentro desse fluxo, receber as perguntas dos clientes e proporcionar diálogos coerentes. Isso significa otimização na comunicação entre marca e consumidor.  

 

E então, gostou de saber sobre a importância do fluxograma de chatbots para obter mais rendimento nos negócios? Se você tem planos de investir em chatbot para sua empresa, entre em contato conosco e conheça nossas soluções. Desde 2001, somos referência no desenvolvimento de bots, com cases de sucessos em diversas grandes empresas. 

 

Também acesse o nosso blog e fique por dentro de muitos assuntos sobre tecnologias inovadoras e chatbots. 

 

Compartilhe

Newsletter

Receba informações sobre o mundo dos chatbots, inteligência artificial e tecnologia em seu e-mail:

Mulher estudando em um notebook e um chatbot atrás com um chapéu de professor

Chatbots para universidades: como a tecnologia pode auxiliar o ensino e a educação

Faz algum tempo que a tecnologia dos bots contribui bastante…
Ilustração do chatbot de RH da empresa Raizen, a Bia.

Veja como um chatbot pode ajudar o RH e a comunicação interna da sua empresa

Descubra neste artigo como essa tecnologia pode beneficiar sua empresa e veja dois exemplos de sucesso de chatbot para RH no Brasil.