Como os Chatbots contribuem para a revolução do IoT – Internet das Coisas

Autor Inbot

Escrito por InBot
Redator(a) InBot

A sigla IOT são as iniciais de Internet of Things ,traduzido literalmente para o português como Internet das Coisas.Trata-se de um conceito científico que estabelece o seguinte princípio: que todos os objetos utilizados no dia a dia usem a conexão com a internet para funcionar de modo inteligente.

 

A aplicação da tecnologia IoT pode gerar impactos nos negócios, principalmente no que diz respeito a comunicação entre marca e cliente. Isso significa mudanças de como os chatbots irão dialogar com essas pessoas e interpretar as situações. 

 

Neste conteúdo, vamos abordar justamente esses impactos  provocados pela IoT e como os chatbots podem contribuir para essa revolução tecnológica. Continue a leitura e entenda mais sobre o tema. 

O que é Internet das Coisas?

A ideia de gerar conexão entre objetos começou a ser discutida no ano de 1991, quando a internet começou a se tornar popular. No entanto, em 1999, surgiu o termo Internet das Coisas, proposto por Kevisn Asthon do MIT. Dez anos mais tarde, o próprio escreveu o artigo “A Coisa da Internet das Coisas”, publicado no RFID Journal. 

 

Com o passar dos anos, podemos dizer que a internet das coisas é praticamente uma revolução tecnológica, que descreve a conexão entre os mais variados tipos de objetos com a internet.

 

 Isso quer dizer que não apenas computadores têm a capacidade de se conectarem com o universo virtual. Objetos rotineiros também acabam tendo essa característica. Exemplos disso são eletrodomésticos, smartphones, relógios, meios de transporte, óculos e até mesmo tênis conectados à internet. 

 

A ideia dessa tecnologia é que o físico e o digital se integrem cada vez mais. Isso através de dispositivos que se comuniquem entre si e suas nuvens, tornando-os ainda mais indispensáveis no dia a dia das pessoas. 

Como funciona a internet das coisas?

Em síntese, um dispositivo que contém tecnologia IoT é um aparelho eletrônico que consegue se conectar com sistemas a partir de conexão sem fio. 

 

Por meio de IA (inteligência artificial), conseguem transmitir uma série de dados da mesma maneira que acontece com dispositivos conectados à internet. Portanto, a internet das coisas é dependente da inteligência artificial

 

Além dos objetos de uso pessoal, a internet das coisas está presente em diversas áreas. Desde a segurança pública, saúde até a logística de mercadoria de empresas. Um bom exemplo de aplicação da IoT é a tecnologia integrada a um sistema de GPS. Dessa forma, é possível fazer o monitoramento de todo o percurso percorrido por um veículo ou frota de alguma organização. 

 

IoT nas empresas

Como citamos anteriormente, a Internet das Coisas pode proporcionar inúmeros benefícios em diversos setores das empresas. A utilização da IoT nas organizações permite o melhoramento na automação de processos e uma análise de dados mais confiável.

 

Além disso, a conectividade entre todos os dispositivos digitais a sua volta facilita na administração do seu negócio. E o motivo é simples: com essas tecnologias, a tendência é que a quantidade de erros operacionais e financeiros baixem de forma significativa. 

 

Por outro lado, com a integração dos meios digitais, as empresas podem oferecer experiência de compra  mais dinâmica e agradável ao consumidor. 

 

Indo agora para o campo da indústria, a IoT também gera vantagens interessantes. Podem ser através de conexão com fornecedores ou por conta do uso de sensores inteligentes que indicam a temperatura e umidade do ambiente, com o objetivo de conservar tipos específicos de produtos. 

IoT e chatbots: como pode acontecer essa integração?

Partindo do princípio que a Internet das coisas tem a função de interpretar a realidade física por meio de dispositivos, a integração dessa tecnologia com chatbots equipados com IA podem contribuir para um atendimento eficiente. 

 

Com a IoT o sistema  do seu veículo, por exemplo, identifica alguma peça defeituosa. Logo em seguida, essa informação é passada ao computador de bordo , que repassa esses dados  à concessionária. 

 

Através de seu cadastro registrado, a empresa manda um e-mail orientando você a entrar na página da internet. Clicando no link, você é atendido por um chatbot que irá te ajudar na resolução do problema. O cliente resolve tudo pelo chatbot, de maneira rápida e prática. 

 

Ressaltando que os chatbots podem atuar em muitas funções como capturar leads, realizar pesquisa de satisfação, cobrar clientes inadimplentes e  informar sobre promoções. Tudo pode ser integrado com a IoT. 

 

Chatbots com inteligência artificial

Para que o chatbot tenha o desempenho desejado, integrado com a IoT, é necessário que o assistente virtual também seja equipado com inteligência artificial. 

 

Só assim, o seu bot vai conseguir receber os dados, manter um diálogo coerente e humanizado com o cliente , entender mensagens de texto e voz e resolver problemas da melhor maneira possível.

 

E aí, gostou de saber como os chatbots podem contribuir na revolução tecnológica da IoT? A inbot é especialista em inteligência artificial e desenvolve chatbots personalizados, com a mais nova tecnologia, para todos os tipos de segmentos no mercado. Entre em contato conosco e conheça nossas soluções para o desenvolvimento do seu negócio. 

 

Compartilhe

Newsletter

Receba informações sobre o mundo dos chatbots, inteligência artificial e tecnologia em seu e-mail:

Imagem representando chatbot com um cartão de crédito na mão

Chatbots para auxílio de pagamentos: Conheça os recursos da Inbot

Hoje em dia, muitas empresas estão usando chatbots para auxílio…
Imagem de um chatbot na tela do smartphone

Chatbot & CRM: Benefícios e Aprenda a fazer a integração com a Inbot

A integração entre chatbot e CRM( Customer Relationship Management)…