Checklist para implementação de bot de conversa

Autor Inbot

Escrito por InBot
Redator(a) InBot

É de conhecimento geral a importância do advento do bot de conversa para o mundo. O uso dos assistentes virtuais colocou diversos setores de empresas como vendas, suporte ao cliente e pesquisa em um outro patamar de eficiência. 

À medida que a utilização dos chatbots se populariza entre os mais diversos segmentos do mercado, as pessoas vão ficando curiosas sobre como eles funcionam.

Neste artigo, a InBot fez um checklist sobre como implementar um bot de conversa na sua empresa. Acompanhe a leitura!

Checklist para o bot de conversa

Uma mão segurando uma caneta azul a ponto de escrever em uma prancheta.

Existem algumas questões que precisam ser pensadas pela sua empresa que quer implementar o chatbot. A partir dessas informações, os desenvolvedores conseguem criar o assistente virtual ideal para o seu negócio.

Defina o objetivo do bot de conversa

O primeiro passo é apontar especificamente em que setor da sua empresa você quer utilizar o chatbot. No atendimento ao cliente? No suporte interno dos funcionários? Para disparo de notificações? 

Enfim, defina qual é objetivo do seu bot de conversa.

Conheça a sua empresa e seu público

O primeiro passo para implementar um bot é analisar a sua empresa e quem será a audiência que ele atenderá. 

Se você é uma empresa de moda feminina, então majoritariamente o público atendido pelo bot será de mulheres. Qual idade dessa audiência? São pessoas jovens, adultas? Qual a classe social? É uma empresa de moda de alto padrão ou popular? De qual região do Brasil é o seu negócio? Seu foco é regional ou nacional?

Todas essas são questões importantes que ajudam você a definir quem é a sua organização e qual é a audiência dela. Essas respostas oferecem suporte importante para os desenvolvedores na criação do seu bot.

Defina a persona do seu bot de conversa

Depois que você já analisou a sua empresa e o seu público-alvo, agora você precisa definir a persona do seu chatbot. De maneira resumida, ela é um personagem fictício, criado para representar os diferentes perfis de público com quem sua marca dialoga.

São exemplos de personas, a Siri, da Apple, e a Alexa, da Amazon. O objetivo de criar esse personagem fictício é tornar o bot de conversa simpático para o seu público, melhorando a experiência do cliente.

Tom de voz

Ligado à persona, o tom de voz também é parte fundamental da criação do bot. A conversa precisa fluir da maneira que o público-alvo está acostumado. 

Se você possui um chatbot de um aplicativo de games, essa persona precisa dialogar no mesmo estilo do público, talvez utilizando gírias. Agora, se você criar um personagem de uma loja de joias, é fundamental que seu bot esteja adaptado à conversar com a clientela de uma joalheria.

Selecione os canais de atuação

Agora você precisa estabelecer em quais meios de comunicação você quer que seu bot atue. A partir do estudo do seu público-alvo, é possível diagnosticar qual o canal preferido de interação dele.

Você não precisa escolher apenas um, obviamente! Quanto mais canais maior e melhor será o alcance da sua empresa para com o seu público.

São diversas as opções: WhatsApp, Instagram, Facebook, Online, Telegram, SMS, Telefone… o bom do bot de conversa é que ele se adapta a qualquer meio de comunicação.

Treinamento e teste

É imprescindível que você faça testes no seu bot de conversa antes de lançá-lo. É uma tarefa importante para treinar a funcionalidade e possíveis bugs.

Os chatbots da InBot, por exemplo, funcionam a partir de Inteligência Artificial (IA) e Machine Learning. Isso significa que quanto mais utilizados, mais eles aprendem e se aperfeiçoam. Sendo essencial o treinamento e o teste do bot.

Outro diferencial no nosso chatbot é que ele possui Processamento de Linguagem Natural (PLN), a nossa Inteligência Artificial é ágil e precisa, capaz de atuar com comunicação fluida e humanizada.

Como a InBot pode ajudá-lo?

Desde 2001, desenvolvemos o que há de melhor em Assistentes Virtuais. Grandes empresas, dos mais variados nichos, utilizam a tecnologia da InBot para chatbots com inteligência artificial e Processamento de Linguagem Natural.

Somos referência no mercado de bots de conversa e apresentamos resultados robustos para nossos clientes.

 Caso tenha interesse em implementar um chatbot, entre em contato conosco.

Compartilhe

Newsletter

Receba informações sobre o mundo dos chatbots, inteligência artificial e tecnologia em seu e-mail:

Mulher estudando em um notebook e um chatbot atrás com um chapéu de professor

Chatbots para universidades: como a tecnologia pode auxiliar o ensino e a educação

Faz algum tempo que a tecnologia dos bots contribui bastante…
Ilustração do chatbot de RH da empresa Raizen, a Bia.

Veja como um chatbot pode ajudar o RH e a comunicação interna da sua empresa

Descubra neste artigo como essa tecnologia pode beneficiar sua empresa e veja dois exemplos de sucesso de chatbot para RH no Brasil.