Conversational Commerce: Uma nova forma de se comunicar e vender

Autor Inbot

Escrito por InBot
Redator(a) InBot

Você já ouviu falar em Conversational Commerce? No post de hoje abordaremos tudo que envolve esta tendência. Acompanhe!

 

Graças aos avanços tecnológicos atualmente há infinitas formas e possibilidades das empresas se comunicarem e se relacionarem com seus clientes, que, ao decorrer do tempo tem se tornado mais exigentes, ou seja, querem ser contatados através do digital, ser atendidos a qualquer dia e horário, sem formalidades e burocracias.

 

Assim, com base nas novas ferramentas que a tecnologia disponibiliza, juntamente com os desejos e necessidades dos consumidores, o Conversational Commerce surge como uma valiosa estratégia que visa proporcionar um atendimento automatizado, porém, acima de tudo, humanizado e personalizado. 

 

O que é o Conversational Commerce?

 

O termo inglês Conversational Commerce ou, traduzido, Comércio Conversacional  se refere ao comércio eletrônico realizado por meio da conversação. Ou seja, é a evolução das vendas, unindo o melhor da venda física à praticidade das vendas digitais. Essa interação por mensagem pode ser feita via chatbots ou assistentes virtuais, ao mesmo tempo em que atendentes humanos podem ser acionados. 

 

Dessa forma, o maior intuito do Conversational Commerce é aproximar a empresa do consumidor, e assim, auxiliá-lo durante todo o processo de compra, bem como esclarecer as dúvidas do cliente e eliminar todo e qualquer empecilho que possa atrapalhar ou impedir a compra.

 

Por que investir em Conversational Commerce?

 

Devido a pandemia e consequentemente o isolamento social, os consumidores adotaram novos hábitos e estão mais rigorosos no que diz respeito à experiência de compra. Nesse cenário, por exemplo, valoriza-se uma compra sem contato e com formas alternativas para entrega ou retirada. Logo, os consumidores anseiam por marcas/empresas que priorizem e ofereçam facilidade, conveniência e assistência ao longo das etapas de uma compra remota.

 

Atualmente, os aplicativos de mensagens são praticamente onipresentes nos celulares dos brasileiros, e de cada 100 smartphones, 99 têm o aplicativo mais utilizado, que é o WhatsApp. Em seguida vem o Facebook Messenger, com 78%, seguido pelo Instagram (76%) e do Telegram (27%).

 

E para compreender ainda mais o potencial que o Conversational Commerce possibilita, separamos alguns dados relevantes sobre o setor de aplicativos e compras online em nosso país. Confira:

 

De acordo com uma pesquisa realizada pela consultoria Accenture, para muitos brasileiros, o WhatsApp se tornou uma ferramenta indispensável na jornada de compras. 83% deles utilizam a ferramenta de comunicação para comprar produtos e serviços;

 

Na América Latina, o Brasil é um dos países que mais usa o aplicativo, se igualando apenas ao Chile, também com 83% dos consumidores utilizando o WhatsApp como ferramenta de compras. Em seguida vêm Peru (77%), Colômbia (74%), Argentina (71%) e México (53%);

 

Embora grandes redes também usem a ferramenta, o alcance é maior entre os pequenos negócios: eles são 74% entre os que usam o WhatsApp como canal de vendas no comércio eletrônico, principalmente nas categorias de roupas, produtos de beleza e alimentos frescos ou perecíveis;

 

A adoção do WhatsApp independe do gênero, idade ou classe social;

 

78% dos homens e 89% das mulheres entrevistadas usam o serviço de mensagens na jornada;

 

 A pesquisa apontou 85% de adoção da ferramenta na classe A, 87% na classe B e 79%, na classe C;

 

83% dos entrevistados entre 18 e 31 anos usam a ferramenta para compras, assim como 81% dos respondentes entre 44 e 55 anos e 74% das pessoas com 56 anos ou mais.

 

De acordo com a pesquisa Mensageria no Brasil – Fevereiro 2020, publicada pela Panorama Mobile Time/ Opinion Box, pelo menos 76% dos brasileiros já usaram o WhatsApp para interagir com marcas;

 

Conforme a pesquisa, das pessoas que já interagiram com marcas pelo WhatsApp, 77% o fazem para tirar dúvidas/pedir informações, 65% usam o app para receber suporte técnico, 61% para receber promoções e 54% para comprar produtos e serviços.

 

Benefícios de implementar o Conversational Commerce na sua estratégia de venda

 

  • Reduz os gastos operacionais;
  • Ajuda e orienta seus clientes nas suas compras;
  • Economiza tempo;
  • Entrega respostas imediatas;
  • Agiliza as interações;
  • Facilita a tomada e gestão de encomendas;
  • Permite oferecer experiências e ofertas personalizadas aos consumidores.

 

Que tal seguir essa tendência e através do Conversational Commerce melhorar ainda mais a experiência de compra dos seus clientes? Entre em contato conosco e descubra tudo o que a InBot pode fazer pelo seu negócio!

Compartilhe

[wpdevart_facebook_comment curent_url="https://www.inbot.com.br/chatbot/conversational-commerce?page&name=conversational-commerce&category_name=chatbot" order_type="social" title_text="" title_text_color="#000000" title_text_font_size="22" title_text_font_famely="monospace" title_text_position="left" width="100%" bg_color="#d4d4d4" animation_effect="random" count_of_comments="3" ]Tags: , ,

Newsletter

Receba informações sobre o mundo dos chatbots, inteligência artificial e tecnologia em seu e-mail:

Como divulgar seu chatbot no Instagram

Como divulgar seu chatbot no Instagram: Conheça 3 caminhos inteligentes de divulgação

Saiba agora como divulgar seu chatbot no Instagram, aumentar a visibilidade da sua marcar e ficar à frente da concorrência.
Trend e e-commerce com chatbots no Instagram

Trend no e-commerce: conheça os recursos de chatbot no Instagram

Saiba como os recursos de chatbot no Instagram podem trazer inúmeros benefícios para alavancar suas vendas na rede.