Marketing Conversacional: Conheça 5 benefícios de aplicar essa estratégia nos Chatbots

Autor Inbot

Escrito por InBot
Redator(a) InBot

Investir em Marketing Conversacional pode fazer com que o tempo do seu ciclo de vendas diminua, gerar uma experiência incrível para o consumidor e ainda oferecer a oportunidade de aprender mais sobre eles. 

Quando se fala em comunicação no ambiente virtual, alguns empreendedores têm a ideia (equivocada) de que precisa de uma pessoa disponível para atender o público o tempo todo. Entretanto, o avanço tecnológico e as ferramentas de Inteligência Artificial (IA) permitem que as empresas se comuniquem com o seu público, desafogando o time de marketing e melhorando a experiência do consumidor. Para isso, é necessário investir em ferramentas que ajudem toda a equipe nesse processo. Um exemplo é o uso dos chatbots.

Eles são capazes de atender mais de uma pessoa ao mesmo tempo sem gerar nenhum trabalho humano, sem que seja preciso se preocupar com questões trabalhistas ou se a qualidade do trabalho está caindo.

Pensando nisso, elaboramos este conteúdo para apresentar 5 benefícios que a aplicação da estratégia de Marketing Conversacional nos Chatbots proporciona. Confira!

 

Mas afinal, o que é o Marketing Conversacional?

O marketing conversacional é uma tendência nas estratégias de atendimento e relacionamento com o cliente, fazendo dele uma verdadeira oportunidade de diferenciação da marca.

Conhecido também como marketing de conversação, a estratégia visa a personalização de diálogos com os consumidores para auxiliá-los na jornada de compra.

A ideia é que a humanização do atendimento deve ser baseada na qualidade e prontidão das soluções e não necessariamente no atendente humano. A solução pode ser implementada por meio dos chatbots devido ao avanço da inteligência artificial.

 

Por que usar chatbots no marketing conversacional?

O marketing conversacional não é apenas um diferencial, é algo que o consumidor espera das marcas. As formas de contato digital aproximaram empresas e consumidor. Além do papel tradicional de vender, o negócio deve ser conselheiro, amigo e assistente.

Existem diversos benefícios de aplicar o marketing conversacional, mas suas estratégias não estão completas sem o uso de chatbots. Quando bem desenvolvido e programado, um bot consegue criar conexões reais com os usuários, como mostraremos agora.

 

Resultados

O principal benefício dos chatbots no marketing conversacional é a melhoria nos resultados da empresa. Seu uso vai além das respostas rápidas para perguntas comuns. Por meio das conversas com os bots, é possível melhorar a fidelização e até aumentar as vendas.

Para atingir tais resultados, é importante utilizar conversas personalizadas e humanizadas. O diálogo do bot não pode ser engessado e deve conter respostas direcionadas àquele cliente em especial, bem como utilizar a linguagem adequada aos valores e ideais da empresa.

 

Personalização

Seu cliente não é mais um na multidão e não gostaria de ser tratado assim. Por acaso você acha que a mesma abordagem funciona com todos? Provavelmente, não. Os melhores vendedores sabem disso e aprendem a adaptar seu discurso, linguagem e até seus gestos de acordo com o cliente.

O chatbot no marketing conversacional consegue fazer algo semelhante. Ele é elaborado para agir de forma personalizada com cada cliente e o melhor: pode aprender durante o processo. As plataformas mais completas utilizam as interações com o consumidor para aprender mais sobre ele e oferecer uma personalização nas próximas conversas.

 

Agilidade

Como proceder quando um dos seus clientes tem uma dúvida sobre um produto às 4h da manhã? Se você não tem funcionários virando a noite nas redes sociais da empresa, um chatbot pode ser perfeito para isso.

A eficiência vai depender somente da programação do chatbot no marketing conversacional. As respostas podem ser limitadas, mas eles são ótimos para responder perguntas frequentes e mais simples dos consumidores. Se necessário, o bot também consegue direcionar o cliente para o atendimento humano.

 

Feedback

Usando chatbot no marketing conversacional, é mais simples obter feedbacks sinceros do usuário. Isso porque alguns usuários não deixam feedback negativo quando estão falando com um atendente humano. Para muitos, falar mal do trabalho de alguém (no caso, do atendimento) seria uma falha de educação e é bastante difícil quebrar esse condicionamento.

Mas existe uma solução melhor do que forçar pessoas a fazer algo que elas realmente não gostam, como dar críticas. Basta tirar o elemento humano da equação. Conversando com os chatbots, o consumidor fica tranquilo e sem medo de ofender alguém. 

 

Captura de leads

Percebe como os formulários estão perdendo cada vez mais a eficiência? Os usuários sabem que, quando a empresa oferece um conteúdo para download em uma landing page, só existe um objetivo: obter informações. O tempo e esforço para preencher o formulário geralmente faz a pessoa desistir do download.

Contudo, existem formas muito mais simples de obter informações do consumidor. O chatbot consegue perguntar ao cliente seu e-mail, ou outras informações que, depois, serão usadas nas estratégias de venda. Tudo isso sem exigir o preenchimento de qualquer formulário.

 

 

Focar em estratégias que consideram o marketing conversacional pode elevar o patamar da sua empresa no mercado. Quer um chatbot inteligente para auxiliar nessa missão? Conheça a InBot!

Compartilhe

Newsletter

Receba informações sobre o mundo dos chatbots, inteligência artificial e tecnologia em seu e-mail:

Chatbot é garantia de agilidade e eficácia nas negociações comerciais e financeiras

Saiba como os chatbots de linguagem natural atuam com uma comunicação fluida e humanizada para ter resultados rápidos e a um custo menor
Bot para WhatsApp

Bot para WhatsApp: Guia de automação com Processamento de Linguagem Natural

Neste post falaremos sobre como funciona a automação com Processamento de Linguagem Natural através do bot para WhatsApp. Acompanhe!