Assistente de voz: Design desses produtos está em alta no mercado

Autor Inbot

Escrito por InBot
Redator(a) InBot

Você sabe como funciona o design de assistente de voz e por que ele é importante? E mais que isso, por qual motivo está em alta no mercado? Continue a leitura e fique por dentro através do conteúdo que produzimos!

 

Devido às mudanças e avanços digitais ocorridos nos últimos anos, a forma como cada indivíduo tem se relacionado com os conteúdos das mídias e a assistente de voz se transformou de modo significativo. Assim, o que se vê é um aumento no consumo de podcasts por exemplo, no uso de mecanismos de busca e comandos inteligentes de veículos, que hoje em dia já conseguem ser acionados com algumas palavras apenas. 

 

O uso da assistente de voz está tão presente em nossas vidas atualmente que se tornou objeto de estudo de alguns pesquisadores. De acordo com um relatório recente da Juniper Research, até 2023 haverá 8 bilhões de assistentes de voz ativos no mundo. Isso chama a atenção para a importância das empresas estarem preparadas para essas novas formas de consumo e consequentemente, consigam se posicionar neste novo cenário. Contudo, para que isso ocorra, é primordial que os gestores e os designers compreendam a importância de investir em estratégias para esses produtos, bem como a necessidade de cada designer desenvolver novas habilidades.

 

A assistente de voz faz parte do cotidiano das pessoas

 

Provavelmente em algum momento você já se viu utilizando alguma assistente de voz como a Siri e a Alexa, e esse hábito tem sido cada vez mais comum em nosso país. Uma pesquisa da consultoria de data science Ilumeo mostrou que o uso de dispositivos com comandos de voz aumentou 47% entre os brasileiros durante a pandemia. Ainda conforme o levantamento, 52% dos entrevistados percebem um valor agregado a aparelhos que disponibilizam esse tipo de tecnologia e até estariam dispostos a pagar mais por eles.

 

Os grandes responsáveis pela introdução desse costume de falar via assistente de voz foram os celulares e a Siri, sistema lançado pela Apple em 2011. Mas eles não foram os únicos responsáveis por esse feito. Graças a disseminação do uso do WhatsApp, aplicativo instalado em 99% dos celulares dos brasileiros e utilizado por mais de 120 milhões de pessoas diariamente, a ferramenta ensinou não apenas a enviar uma mensagem de áudio apertando apenas um botão, como também mudou a maneira como as pessoas conversam, reduzindo drasticamente o uso da ligação telefônica tradicional.

 

Já o GPS, fez o contrário, mostrou que é possível um programa falar com o usuário e fornecer informações em tempo real. Logo, o que vemos hoje é que praticamente todo brasileiro carrega no bolso um smartphone com algum sistema que recebe comandos de voz, e segundo a pesquisa, 48% das pessoas usam semanalmente essa tecnologia.

 

Assistente de voz: aplicativo deve ser o mais efetivo possível

 

É essencial que o designer entenda perfeitamente cada processo que envolve as atividades da assistente de voz, entretanto, sabemos que diversos profissionais de Design, especialmente os UXers, têm muitas dúvidas relacionadas às etapas de design na criação destes produtos. Por isso, listamos alguns pontos que devem ser levados em consideração.

 

Entenda para depois fazer

 

Parece clichê, mas quando você não tem claro em sua mente o que precisa ser feito e como, tudo se torna mais complexo. Assim, se faz necessário primeiramente compreender as expectativas dos envolvidos no projeto, como, por exemplo, questionar se já existe um projeto prévio ou se vai ser iniciado do zero. Lembre-se: quanto mais informações pertinentes ao projeto, aos objetivos, pesquisas, personas, entre outros, você obtiver, melhor!

 

Defina a dor do seu público alvo

 

Depois de compreender e absorver todas as informações que foram coletadas, é importante definir qual o problema o seu produto vai resolver.  Essa resposta é fundamental para que você consiga alcançar resultados. Assim você deve se questionar sobre qual a principal dor do seu público alvo, e como você pode resolver essa dor e ainda gerar receita para empresa. 

 

Invista em ideias inovadoras

 

Aproveite a expertise dos profissionais envolvidos na criação deste produto de assistente de voz para obter insights. 

 

Teste seu produto e aperfeiçoe ele

 

Quando o design do seu produto de assistente de voz estiver finalizado, não esqueça de validar todos os processos e, principalmente, coletar o máximo de feedbacks possíveis. É com base neles que você vai aprimorar ainda mais o seu produto e deixá-lo mais eficiente.

 

Gostou deste conteúdo? Agora que você já sabe a importância do design para a assistente de voz, que tal desenvolver uma para o seu negócio? A InBot auxilia você a engajar seus usuários com conversas interessantes e personalizadas. Entre em contato conosco através do nosso site.

Compartilhe

[wpdevart_facebook_comment curent_url="https://www.inbot.com.br/blog/design-assistente-de-voz?page&name=design-assistente-de-voz&category_name=blog" order_type="social" title_text="" title_text_color="#000000" title_text_font_size="22" title_text_font_famely="monospace" title_text_position="left" width="100%" bg_color="#d4d4d4" animation_effect="random" count_of_comments="3" ]Tags: , , ,

Newsletter

Receba informações sobre o mundo dos chatbots, inteligência artificial e tecnologia em seu e-mail:

Chatbots presentes no Gerenciamento remoto

Gerenciamento remoto: Quais são as vantagens dos chatbots para o Home-Office?

Gerenciamento remoto com assistentes virtuais é um sistema cada vez mais utilizado por empresas que investem no home-office. Saiba mais!
como-criar-bot-no-telegram

Bot no Telegram: Como criar um chatbot no App de mensagens

Já pensou em ter um bot no telegram? Confira o conteúdo que preparamos e veja como criar o seu chatbot neste aplicativo.