Chatbots: Integração é imprescindível no Sistema de Educação atual

Autor Inbot

Escrito por InBot
Redator(a) InBot

Do custo financeiro, passando pelo suporte administrativo, até chegar na eficiência do aprendizado, há uma infinidade de possibilidades que dão agilidade e mais eficácia ao processo. 

 

Há quase duas décadas, a Universidade Federal do Rio Grande do Sul criou a Professora Elektra, um tutor que ajuda até hoje estudantes em cursos a distância. Foi um dos primeiros chatbots na educação brasileira, inspirada na Alice, o primeiro robô do mundo ligado à educação, criado na Pensilvânia (EUA), na Lehigh University, em 1995. 

 

De lá pra cá, a Inteligência Artificial vem se expandindo exponencialmente e a integração de chatbots a sistemas educacionais vai ficando cada vez mais comum, só sendo um diferencial competitivo negativo, para quem ainda não usa a ferramenta. A consultoria norte-americana Grand View Research estima que a receita global no setor será de aproximadamente R$ 7 bilhões até 2025.

 

Tecnologia e circunstâncias trouxeram facilidades irreversíveis

 

A pandemia global confinou pais e alunos em casa e restringiu à tecnologia o canal de contato deles com as escolas. De um lado, entre inúmeras dificuldades cotidianas, veio a descoberta de que é possível ganhar tempo e ter objetividade na busca de certas soluções. De outro, uma boa redução de custos, mas com o desafio de encantar a distância pais e alunos a serem engajados e fidelizados.

 

Até os Centennials (geração nascida entre 1990 e 2010) que vão chegando às Universidades já nasceram em um mundo com internet de qualidade e, para eles, conectividade, velocidade e praticidade são pontos fundamentais. 

 

A resistência inicial dos professores, com medo de serem substituídos pelas máquinas, passou. Eles não serão extintos, mas cada vez mais terão, sim, que evoluir na convivência com a inovação. Os bots vão sendo melhor compreendidos e adaptados com o passar do tempo. E valorizados como auxiliares importantes no diálogo com pais e alunos, no suporte administrativo e nas tarefas repetitivas ou de reforço que compõem o processo de aprendizagem.

 

Integração de chatbots inteligentes removem obstáculos

 

Consolidando uma tendência que está posta, depois da pandemia a relação presencial de qualquer instituição educacional com seus públicos, seja do Ensino Básico, do Ensino Fundamental ou do Ensino Superior, nunca mais voltará a ser a mesma, mas a ênfase no diálogo seguirá presente como exigência constante. 

 

Os novos cenários apontam novos caminhos para as receitas, tendo que manter os custos equilibrados sem descuidar da qualidade nos resultados de ensino e aprendizagem, que serão avaliados cada vez com mais transparência e rigor.

 

Importante, então, atentar para os benefícios de usar o chatbot:

 

Atendimento em tempo integral – Um chatbot está disponível para alunos e responsáveis 24 horas por dia, sete dias por semana. Nenhum deles terá que se preocupar com horários de outros compromissos, planejar deslocamentos ou aguardar sua vez para ter informações, esclarecimentos ou tirar simples dúvidas. 

 

Captação, recrutamento e seleção – A partir de um banco de dados montado com informações relevantes, seja de alunos prospects, seja de professores do mercado, o chatbot inteligente tem velocidade de processamento e definição de escolha e forma de abordagem muito superior a qualquer grupo de pessoas. E com a vantagem de seguir trabalhando tudo isso para garantir depois a retenção.

 

Secretaria e Biblioteca a qualquer hora – O serviço humano, com restrições de expediente, custos trabalhistas e todas as suas vulnerabilidades, pode ser substituído. O pelo menos bem diminuído, construindo-se uma automação com filtro que atenda a demanda de forma híbrida, dando fluidez a assuntos simples e reservando o atendimento humano só para casos mais complexos. 

 

Professores valorizando o intelecto – Preparar aulas, pensar em como transmiti-las aos alunos, criar critérios de avaliação e ter mais tempo para dedicar à educação do pensamento crítico, da compreensão e resolução de problemas e do gerenciamento de projetos serão tarefas mais focadas e menos estressantes para os professores, porque o chatbot ficará encarregado da repetição das informações, das explicações e esclarecimentos na hora das correções, dos treinamentos e do feedback tão necessários ao processo de aprendizagem.

 

Alunos com liberdade de aprender no seu tempo – Há muitos anos se sabe que na mesma sala de aula sempre tem alunos com necessidades e interesses diferentes de aprendizagem. Com um chatbot, cada aluno pode receber o atendimento que precisa, individualizado, no seu ritmo e com uma privacidade importantíssima para evitar exposição, comparações e o constrangimento social.

 

É importante lembrar, por fim, que os chatbots inteligentes, com Processamento de Linguagem Natural, podem se relacionar com cada aluno como um professor particular, com respostas apropriadas e claras. E, à medida que forem acumulando informações a cada diálogo, não apenas ficam com a memória de tudo o que foi tratado como têm capacidade de assimilar as carências particulares de cada aluno e seguir aperfeiçoando essa relação ilimitadamente.

 

E então, gostou do conteúdo? Viu como não dá mais para trabalhar em Educação sem integrar seu sistema com um chatbot? Pense na saúde dos seus negócios. Entre em contato conosco através do nosso site e descubra tudo que a InBot pode fazer pela sua organização.

 

Compartilhe

[wpdevart_facebook_comment curent_url="https://www.inbot.com.br/blog/chatbots-integracao-educacao?page&name=chatbots-integracao-educacao&category_name=blog" order_type="social" title_text="" title_text_color="#000000" title_text_font_size="22" title_text_font_famely="monospace" title_text_position="left" width="100%" bg_color="#d4d4d4" animation_effect="random" count_of_comments="3" ]Tags: , , , ,

Newsletter

Receba informações sobre o mundo dos chatbots, inteligência artificial e tecnologia em seu e-mail:

Chatbots presentes no Gerenciamento remoto

Gerenciamento remoto: Quais são as vantagens dos chatbots para o Home-Office?

Gerenciamento remoto com assistentes virtuais é um sistema cada vez mais utilizado por empresas que investem no home-office. Saiba mais!
como-criar-bot-no-telegram

Bot no Telegram: Como criar um chatbot no App de mensagens

Já pensou em ter um bot no telegram? Confira o conteúdo que preparamos e veja como criar o seu chatbot neste aplicativo.