Acabei de abrir minha empresa, já devo investir em chatbot?

Autor Inbot

Escrito por InBot
Redator(a) InBot

Abrir uma empresa envolve muitos desafios e, entre os principais está o fator de como conquistar os clientes. E esse processo de conquista passa pelo bom atendimento. Muitas empresas têm utilizado o chatbot para isso. Vamos conferir mais informações sobre o assunto?

O que é o chatbot?

Basicamente, é um programa de computador que simula ser um humano e responde às pessoas, nos sites e redes sociais de uma empresa. Ou seja, o cliente acessa o site, entra em um chat e envia mensagens para tirar dúvidas que serão respondidas por um robô.

Geralmente, esse programa é utilizado para responder mensagens padrão, ou seja, a empresa realiza um levantamento das principais dúvidas de seus clientes e deixa que o atendimento seja feito via online, para otimizar seu tempo e mão de obra. 

Vale ressaltar que essa resposta acontece de forma instantânea e o cliente não precisa esperar. Mas, é claro, há casos em que o contato humano será necessário e, para isso, a empresa deve disponibilizar outros meios de contato, como telefone e e-mail. 

E por que investir em chatbots em minha empresa?

  • Com a era digital, os clientes cobram respostas mais rápidas e instantâneas; 
  • O atendimento passa a ser online e 24h por dia. Isso é mais barato do que ter funcionários em turnos diferentes apenas para responder redes sociais ou o site; 
  • O atendimento fica padronizado, e as principais dúvidas dos clientes são resolvidas, deixando para os funcionários apenas dúvidas e questões mais complexas; 
  • Com a resposta instantânea, o cliente se motiva em querer conhecer o estabelecimento, podendo aumentar o lucro da empresa; 
  • O programa consegue também cadastrar clientes no sistema, reduzindo trabalhos manuais e até mesmo erros no processo de digitação;  
  • Além disso, o robô online consegue atender vários clientes ao mesmo tempo, superando a limitação humana.

Observações quanto ao uso do programa 

Apesar de tantos benefícios, existem algumas ressalvas. Por exemplo, esse tipo de chat só responde perguntas mais gerais e simples, porque já existe uma resposta programada. Portanto, qualquer dúvida mais complexa do cliente não será sanada por este canal. Outro entrave possível é que muitas pessoas podem interpretar que, por estarem conversando com um robô, a loja não está dando a atenção suficiente ao seu problema. Mas tudo isso é uma questão cultural e tecnológica, variando de cliente para cliente. 

Vale ressaltar também que é interessante que essa decisão passe por um entendimento do que é a empresa, qual seu público e demanda, quais são os veículos de comunicação oficiais, dentre outros. 

Isso porque existem vários tipos de chatbots e a empresa precisa decidir qual é o melhor formato para utilizar. Por isso, é sempre importante contar com uma empresa experiente no mercado de chatbots, como a InBot.

Compartilhe

Newsletter

Receba informações sobre o mundo dos chatbots, inteligência artificial e tecnologia em seu e-mail:

Voice Chatbots

Voice Chatbots: Conheça a experiência do Speech to Text

Conheça o Speech to Text, interface que faz o reconhecimento de voz e transforma o áudio em texto, simultaneamente e qualifica o atendimento.
Troféu HDI Brasil

Troféu HDI Brasil: Bia é a Assistente Virtual do ano

Bia, chatbot criada pela InBot para a empresa Raízen, é eleita a Assistente Virtual do ano e recebe o Troféu HDI Brasil! Confira.